MBA Executivo de Mercado Financeiro

Aviso importante

Conforme publicado no Diário Oficial da União em 05/08/2011 (Seção 1; pág. 49), não serão mais ofertadas pela ANBIMA novas turmas de MBA Executivo em Mercado Financeiro e em Compliance e Risco Operacional na cidade do Rio de Janeiro. As turmas de MBA Executivo iniciadas em 2010 e março de 2011 serão concluídas normalmente e têm seu reconhecimento garantido, de acordo com o texto do parecer CNE/CP nº 3/2011.




APRESENTAÇÃO:

A ANBIMA desenvolve cursos de MBAs Executivos para profissionais dos mercados financeiro e de capitais que visam obter vantagem competitiva e destaque em suas posições. O programa, a metodologia e o material didático atendem às necessidades dos profissionais para que eles possam se diferenciar no mercado de trabalho

Um dos pontos fortes dos MBAs Executivos é o corpo docente composto por doutores, mestres e especialistas com ampla experiência de atuação nos mercados financeiros e de capitais, oferecendo a oportunidade única de aprimorar o conhecimento teórico com situações práticas.


Os cursos de MBA Executivo foram desenvolvidos em conformidade com a Resolução CNE/CES nº1 de 3 de abril de 2001, Resolução CNE/CES nº5 de 25 de setembro de 2008 e a Portaria MEC Nº68 de 13 de janeiro de 2009.


OBJETIVO:

Ministrado no Rio de Janeiro, o MBA Executivo de Mercado Financeiro procura desenvolver as características técnicas e comportamentais desejadas pelos profissionais que buscam se destacar no mercado financeiro. O programa conta com a simulação de diversas operações de mesa, como negociação de ações e derivativos, que proporcionam experiências práticas eficientes para contextualizar os conhecimentos conceituais adquiridos.


Conheça a Programação e o Corpo docente




Book de Talentos

Ao final do curso, a ANBIMA divulgará um Book de Talentos, com o resumo do currículo e performances dos alunos, que se tornará fonte de referência para as instituições financeiras enriquecerem seus quadros funcionais. A empresa que desejar poderá solicitar, sem custos, o Book de Talentos das turmas 2009/2010 pelo telefone (21) 3814-3973 ou por e-mail.



Programa

 +  Introdução ao Mercado Financeiro

1. Estrutura e Funcionamento do Sistema Financeiro Nacional:
1.1. Autoridades Monetárias: CMN e BC;
1.2. Órgãos Fiscalizadores: BC, CVM, Susep e SPC;
1.3. Agentes do Sistema Financeiro Nacional: bancos comerciais, de investimentos, de desenvolvimento, caixas econômicas; corretoras, distribuidoras, financeiras, sociedades de arrendamento mercantil, Bolsas de Valores, BM&F, cooperativas etc.;
1.4. Os Tipos de Carteiras dos Bancos e o Banco Múltiplo;
1.5. A Dinâmica do Mercado Financeiro e o Mercado Interbancário.
2. Regras Prudenciais do Sistema Financeiro Nacional:
2.1. O Sistema de Pagamentos Brasileiro;
3. Políticas Econômicas: Políticas Fiscal; Cambial; e Monetária.

 +  Princípios de Conjuntura Econômica

1. Conjuntura Econômica: Cenários:
1.1. O Que São e para Que Servem.
2. Elementos Necessários para Construção de Cenários.
3. Análise do Comportamento das Variáveis Macroeconômicas e suas Inter-relações.

 +  Matemática Financeira

1. Introdução à HP-12C:
1.1. A utilização da tecla enter; Inversão e potências; As funções calendário, outros.
2. Capitalização Simples:
2.1. Montante, capita, proporcionalidade e equivalência de taxas.
3. Capitalização Composta:
3.1. Montante a uma mesma taxa; taxas variáveis; Equivalência de capitais e de conjuntos de capitais; Conceito de taxas nominais, proporcionais, equivalentes e efetivas; Taxa over;
4. Desconto de Fluxos de Caixa:
4.1. Apropriação periódica dos juros; Taxa interna de retorno; Valor presente líquido; estrutura das taxas de juros no tempo.
5. Desconto de Títulos:
5.1. Desconto bancário; Taxa de desconto, equivalência entre taxas de desconto e de juros;
6. Correção Monetária:
6.1. Conceito de reposição do poder de compra; Taxa nominal, aparente e real; operações indexadas (TR, IGP-M etc.);
7. Séries de Pagamentos (prestações):
7.1. Definição; Classificação; Séries imediatas e diferidas de termos constantes ou variáveis; Pagamentos intermediários; Taxas constantes, variáveis ou repactuadas pré ou pós-fixadas.
8. Amortização de Empréstimos:
8.1. Sistema francês de amortizações constantes e prestações decrescentes pré ou pós- fixados.

 +  Contabilidade Financeira

1. Introdução:
1.1. Objetivos e
1.2. Princípios da Contabilidade
2. Demonstração de Resultados:
2.1 Balanço Patrimonial - BP,
2.2. Demonstração do Resultado do Exercício – DRE,
2.3. Demonstração das Mutações do Patrimonio Líquido – DMPL e
2.4. Fluxo de Caixa
3. Indicadores:
3.1. Financeiros: Liquidez, Rentabilidade e Endividamento e
3.2. Dupont: metodologia de decomposição e combinação de indicadores

 +  Princípios de Estatística

1. Introdução;
1.1. Introdução à Estatística;
1.2. Estatística e o Mercado Financeiro;
1.3. Retorno x Risco.
2. Medidas de Tendência e Dispersão;
2.1. Média e mediana;
2.2. Variância e semi-variância;
2.3. Desvio padrão, semi-desvio;
2.4. Assimetria e Curtose.

 +  O perfil do profissional do mercado financeiro

1. Mudança de paradigmas e o papel do líder nos novos cenários organizacionais
1.1. Os novos paradigmas organizacionais e o atual cenário de mudanças;
1.2. O processo da mudança;
1.3. Resistência à mudança;
1.4. O impacto das mudanças nas organizações, nas gerências e nas pessoas;
1.5. Paradigma mecanicista x paradigma holístico;
1.6. Papel e perfil do profissional do mercado financeiro dentro dos novos paradigmas organizacionais.
2. Liderança
2.1. Conceito de liderança;
2.2. Competências requeridas pelo líder para enfrentar os novos desafios organizacionais
2.3. Funções básicas do gerenciamento e da liderança;
2.4. Teorias de liderança: dos traços, dos estilos e a teoria da liderança situacional;
2.5. A liderança baseada em princípios;
2.6. O líder servidor;
2.7. O processo da liderança compartilhada.
3. Trabalho em Equipe
3.1. A importância do trabalho em equipe no atual contexto das organizações;
3.2. A diferença entre grupo e equipe;
3.3. Diferença entre comportamento reativo e comportamento proativo nas equipes;
3.4. A importância da cooperação e da integração da equipe para o alcance dos resultados organizacionais;
3.5. O resgate do potencial humano na equipe de trabalho.

 +  Produtos de Renda Fixa

1. Introdução: Conceitos; A importância da diversificação; Perfil do investidor; Tipos de investimentos mais comuns no mercado.
2. Aplicações de Renda Fixa: Características comuns a todos os tipos de investimentos; Prazo, liquidez, alavancagem.
3. Rentabilidade e Risco: Risco de preço ou taxa, de mercado e de crédito.
4. Formação de Taxas: Conceitos; Equivalência entre a taxa over e a efetiva de juros; Cálculos, projeções e formação das taxas.
5. DI: Futuro e formação de taxas de juros
6. Produtos de Renda Fixa: Poupança - Como funciona: custos e tributos, vantagens e desvantagens, risco e as garantias. CDB - Como funciona: tipos disponíveis; CDB prefixado; CDB pós-fixado; Impostos que incidem sobre a aplicação em CDB; Vantagens e desvantagens; Riscos e garantias. O que é RDB. Fundos - Como funciona: tipos e tributação.

 +  Análise de Investimentos em Renda Fixa

1. Modalidades de títulos e marcação a mercados:
1.1. Prefixados, pós-fixados e indexados.
2. Instrumentos de Análise:
2.1.Cotação, preço limpo, juros acruados e preço sujo;
2.2. Enfoque do rendimento: taxa interna de retorno (Yield to Maturity) - aplicações,
2.3. Taxa ao par e taxa corrente;
3. Aplicação:
3.1. Títulos de renda fixa, públicos e privados no Brasil - exemplos: LTN, NTN-C, NTN-B, CDB, debênture, etc.;
4. Resumo de Temas Avançados: Estrutura a termo de taxa de juros.

 +  Laboratório de Renda Fixa

Módulo de Introdução: Introdução: Qual o conceito e o objetivo do laboratório. Operação: Cadastro geral do sistema; Operação; Processamento; Relatórios; Consultas e relatórios; Pregão. Regras Básicas: Determinação do capital inicial; Como captar recursos - produtos de renda fixa; Características do pregão; Operações de swaps; Operações com produtos da BM&F. Apresentação de Cenários; Índices Financeiros.
Módulo Renda Fixa
SELIC, CDB, CDI, Títulos Públicos
Neste módulo os alunos irão realizar operações somente com ativos de renda fixa, de modo a verificar os resultados obtidos com essas operações, vis-à-vis o comportamento do cenário econômico. Primeiramente os alunos realizarão a dinâmica imposta pelo Game (Pregões) com o auxílio do professor. No segundo momento, farão novas operações livremente, de modo a maximizar seus resultados.
1. Operações de risco. Operações monitoradas pelo professor com o objetivo de simular operações especulativas
2. Operações de hedge. Também monitoradas pelo professor com o objetivo de simular operações de hedge.
3. Operações de arbitragem. Idem, com o objetivo de simular operações de arbitragem.
4. Operações compromissadas. Simulação de operações de tesouraria visando o controle do fluxo de reservas bancárias das IF.
5. Operações livres.

 +  Análise para Concessão de Crédito

1. Instrumentos Utilizados para Avaliação do Risco de Crédito:
2. Cadastro da Empresa: Data de fundação; Localização/área ocupada/ramo de atividade/nº de funcionários; Sócios/diretores/qualificação/experiência modus operandi: clientes/prazos das vendas/fornecedores/prazo das compras; Maquinário (tecnologia); Coligadas.
3. Cadastro dos Sócios: Sócios/formação/renda/bens imóveis.
4. Documentos Contábeis: Balanço Patrimonial/Demonstrativo de Lucros e Perdas.
5. Relatório de Visitas
6. Riscos x Atenuantes x Gatilhos
7. Análise Econômico-Financeira: Análise dos índices de liquidez e de rentabilidade; O mapa de IOG (Working Investment), fontes operacionais.
8. Garantias: Tipos de Garantias (alta/média/baixa liquidez).
9. Memorando de Crédito/Decisão
10. Gerenciamento do Risco de Crédito
11. Gerenciamento de Crédito Problemático
12. Estudo de Casos (exemplos práticos)

 +  Produtos de Renda Variável

1. Introdução ao Mercado de Ações:
1.1. Definições,
1.2. Tipos de ações,
1.3. Rendimentos das ações e risco,
1.4. Direitos de Subscrição,
1.5. Bonificação, Split e Inplit,
1.6. Ações "com" e ações "ex".
2. Empresas de capital aberto e capital fechado,
3. Mercado de ações, operações e tipos de underwriting: acionistas minoritários, subscrição, vantagens e custos da abertura de capital.
4. Mercado secundário de ações:
4.1. Bolsas de Valores, as sociedades corretoras e as operações com ações,
4.2. Tipos de ordem de compra e venda de ações,
4.3. Índices,
4.4. Mercado de Balcão e
4.5. Níveis de governança corporativa.
5. Modalidades de operações com ações:
5.1. Operações a vista, termo e opções,
5.2. Negociações a descoberto.
6. Avaliação de ações:
6.1. Principais Indicadores,
6.2. Análise Fundamentalista,
6.3. Análise Técnica e
6.4. Análise Comportamentalista.

 +  Avaliação de Empresas - Valuation

1. Conhecendo a Empresa:
1.1. Análise retrospectiva;
1.2. Estudo do capital de giro.
2. Projeção de Balanços:
2.1. Ambiente macroeconômico;
2.2. Estabelecimento de premissas;
2.3 Utilização de planilha (Excel).
3. Análise da Geração de Caixa:
3.1. EBITDA;
3.2. Fluxo de Caixa Operacional;
3.3. Fluxo de caixa livre (Free Cash Flow).
4. Enterprise Value (EV) e Valor Justo:
4.1. Valuation: Modelo CAPM (Capital Asset Pricing Model);
4.2. Custo médio ponderado de capital (WACC);
4.3. Índice beta;
4.4. Valor residual - cálculo da perpetuidade.
5. Avaliação por Múltiplos de Mercado:
5.1. Preço/Lucro;
5.2. Preço/Valor patrimonial;
5.3. Preço/Geração de caixa;
5.4. EV/EBITDA.

 +  Laboratório de Renda Variável

Módulo Renda Variável
AÇÕES
Neste módulo os alunos irão realizar operações somente com ativos de renda variável, de modo a verificar os resultados obtidos com essas operações, vis a vis o comportamento do cenário econômico. Primeiramente os alunos realizarão a dinâmica imposta pelo Game (Pregões) com o auxílio do professor. No segundo momento, farão novas operações livremente, de modo a maximizar seus resultados.
1. Operações de risco. Operações monitoradas pelo professor com o objetivo de simular operações especulativas
2. Operações de hedge. Operações também monitoradas pelo professor com o objetivo de simular operações de hedge.
3. Operações livres.

 +  Teoria de Métodos de Pesquisa

1. Orientação Metodológica
2. Análise do Projeto de Monografia
3. Desenvolvimento da monografia
4. Entrega da monografia.

 +  Mercado de Câmbio

1. Moeda: Conceito; Funções; Evolução do sistema monetário internacional; Organismos financeiros internacionais;
2. Câmbio: Conceito; Contexto internacional: A internacionalização da economia.
3. Taxa de Câmbio: Conceito; Formação; Tipos de taxas; Regimes cambiais.
4. Efeitos da Política Cambial: Efeitos no comércio exterior (exportações e importações); Efeitos sobre a Inflação; Histórico da política cambial brasileira.
5. Mercado de Câmbio: Estrutura e funcionamento; Operações comerciais, financeiras e interbancárias; Participantes do mercado; Controle cambial: exposição cambial dos bancos; Organismos controladores; Contratos de câmbio.
6. Simulações de Operações: Exercitar a partir de cotações simuladas de taxas cambiais, considerando-se os cenários de mercado e formação ideal de spread.

 +  Mercados Derivativos I

1. Conceitos Básicos: Conceito de risco, função econômica dos derivativos, mercado a termo, mercado de balcão, liquidações física e financeira; Papel dos agentes participantes do mercado; Negociação em Bolsas; Mercado futuro; Padronização dos contratos; Diferenças entre a termo e futuro; Conceito de ajuste diário; Aspectos principais da dinâmica operacional de uma Bolsa de Futuros; Estrutura operacional; Clearing; Níveis de garantia; e fluxo operacional e financeiro das negociações.
2. Principais Contratos Futuros Financeiros Negociados no Mercado Nacional: Contratos futuro de dólar comercial, estratégias de utilização; Ibovespa e contrato futuro; Conceituação do DI no mercado à vista e contrato futuro de DI; Formação de taxa, cálculo e correção do PU; E estratégias de utilização.
3. Contratos de Swap: Contratos de swap; Funcionamento dos swaps da BM&F; Valorização da curva; Variáveis disponíveis; Metodologia de margem; Liquidação antecipada e programada; Exemplos com as principais variáveis; Estratégias; E swaps negociados na CETIP (balcão): conceitos e estratégias.
4. Contratos de Opções: Função econômica; Opção de compra; Opção de venda; Diferenças entre futuros, swaps e opções; Conceitos básicos utilizados no mercado de opções; Variáveis que afetam o prêmio da opção; Estratégias com opções; Opções sobre futuros; E opções flexíveis.

 +  Comunicação, ética e negociação

1. Comunicação Interpessoal
Desenvolvendo habilidades para tornar a comunicação interpessoal mais eficaz;
Identificando e superando as barreiras de comunicação com as pessoas;
A expressão verbal e a não-verbal;
A linguagem do corpo;
A capacidade de argumentação;
A essência do diálogo: escuta e empatia;
A escuta ativa;
A importância da comunicação assertiva.
2. Motivação
Conceito de motivação;
Teorias motivacionais de Maslow e Herzberg;
Fatores que provocam a motivação e a desmotivação no trabalho;
Como o líder pode promover um ambiente motivador e desafiante na equipe;
Como obter o comprometimento da equipe de trabalho;
O significado do trabalho como fator motivacional;
Automotivação, vocação, atitude perante o trabalho e auto-realização.
3. Inteligência Emocional
A inteligência emocional e os hemisférios cerebrais;
As inteligências múltiplas;
O uso da inteligência emocional como estratégia para o desenvolvimento de relações positivas no trabalho e na vida;
Inteligência emocional e autoconhecimento;
O eixo do equilíbrio: físico, mental, emocional e intuitivo;
Fatores causadores do estresse;
Como lidar com as situações de estresse;
Equilíbrio emocional e qualidade de vida.
4. Relacionamento Interpessoal
Os processos básicos do relacionamento interpessoal: feedback e abertura;
Feedback: conceito, características e principais técnicas;
Como dar e receber feedback de forma eficaz;
Comportamento assertivo na prática do feedback;
A postura assertiva no desenvolvimento de relações maduras e produtivas;
Estilos de relacionamento interpessoal;
Estratégias para aumentar a competência interpessoal nas relações de trabalho;
Dificuldades no relacionamento interpessoal e como lidar com elas.
5. A Ética na Negociação
Conceitos básicos e objetivos de uma negociação;
Pressupostos básicos da negociação;
Tipos de negociação;
Perfil, competências e características do negociador;
O conhecimento de si e de seu parceiro;
A postura do negociador e a ética na negociação;
A negociação baseada em princípios;
Climas construtivos e defensivos nas negociações;
Como gerar confiança nas negociações;
Etapas da negociação;
Planejamento e organização da negociação;
Estratégias e táticas na negociação;
A estratégia de negociação ganha-ganha;
Como fazer concessões e superar impasses durante a negociação;
A prática da negociação.

 +  Estatística Aplicada ao Risco

1. Análise de performance de fundos de investimento
1.1. Estimativa de volatilidade (risco)
1.2. Indicadores de desempenho: Sharpe e Modigliani
1.3. Erro Quadrático Médio (EQM)
2. Correlação e Regressão Linear
2.1. Covariância e coeficiente de correlação
2.2. Matriz de variância-covariância e de correlação
2.3. Regressão linear simples: Método dos Mínimos Quadrados, Coeficiente de Determinação, R2
2.4. Aplicação: Modelo CAPM, Alpha como indicador de desempenho, Beta como medida de risco
3. Estimativas de Volatilidades
3.1. Média Móvel Simples
3.2. Método EWMA
3.3. Aplicação: Volatilidades de ativos financeiros, Matriz de correlação de ativos
4. Distribuições de Probabilidades
4.1. Distribuição Normal
4.2. Distribuição Lognormal
4.3. Intervalo de confiança
4.4. Aplicação: Análise de retornos, Estimativa histórica da perda uma carteira, Estimativa paramétrica da perda uma carteira, Simulação de cenários (Monte Carlo)
5. Simulação de Monte Carlo
5.1. Processo de Simulação de MC
5.2. Geometric Brownian Motion
5.3. Aplicação: Precificação de Opções (Modelos de Black & Scholes), Cálculo de VaR por Simulação de Monte Carlo

 +  Compliance - Risco Operacional

1. Visão Geral: Definições, precedentes, importância de se avaliar CI - controles internos, pontos a observar, Coso - The Committee of Sponsoring Organizations.
2. Histórico da Regulamentação: Apresentação dos principais normativos nacionais e internacionais para a implantação de sistemas de controles internos em instituições financeiras.
3. Sistema de Controles Internos: Objetivos, estrutura, forças que afetam os controles internos.
4. Componentes: Apresentação e discussão dos componentes de CI, na visão apresentada pelo Coso.
5. Auditoria Interna: Definição e apresentação de princípios internacionalmente considerados para o adequado desempenho da atividade.
6. Auditoria Independente: Alguns objetivos e sua importância para o sistema de controles internos.
7. Comitê de Auditoria: Resolução nº 3.198/04 do BC, características e principais atribuições do comitê.
8. Estudo de Caso: Aplicação dos temas discutidos em um caso prático.

 +  Fundos de Investimentos

1. Conceitos:
  1.1. Fundos de investimento
  1.2. Ativos Financeiros
  1.3. Patrimônio Líquido
  1.4. Cotas e Valor da cota
  1.5. Marcação a mercado
2. Características Gerais dos Fundos de Investimento.
3. Funções e Responsabilidades (Administrador, Gestor e outros)
4. Taxas (Administração, Performance e outras taxas)
5. Constituição do fundo e regulamentação:
  5.1. Formas de constituição
  5.2. Regulamento
  5.3. Prospecto
  5.4. Assembléia Geral
  5.5. Divulgação de Informações
  5.6. Compliance
6. Estilos de Gestão
7. Rentabilidade e Desempenho
8. Classificação dos Fundos de investimentos
9. Dinâmica de aplicações e resgates
10. Funções da CVM e da Anbima
11. Tributação e Despesas Gerais
12. Fundos Diversos
13. Exercícios Práticos

 +  Mercado de Derivativos II

1. Análise dos Contratos Abertos a Negociação:
1.1 Especificação contratual dos contratos financeiros;
1.1.1 Família de contratos de ouro;
1.1.2 Família de contratos de índice;
1.1.3 Família de contratos de taxas de juros;
1.1.4 Família de contratos de taxas de câmbio.
2. Modalidades Operacionais (termo, futuro, opções e swaps):
2.1 Classificação;
2.2 Mecânica operacional.
3. Operações e Estratégias (hedging, especulação e arbitragem):
3.1 Contrato futuro de Ibovespa;
3.2 Contrato futuro mini de Ibovespa (Wtr);
3.3 Contrato futuro de taxa média de depósitos interfinanceiros de um dia;
3.4 Hedging de uma carteira de CDB;
3.5 Contrato futuro de cupom cambial;
3.6 Operação estruturada de FRA de cupom cambial;
3.7 Swap sintético;
3.8 Operações sintéticas.

 +  Mercado Internacional

1. Instrumentos de Renda Fixa:
1.1. Eurobonds, Euronotes, Embedded-Options Bonds, Callable, Putable, floating rate notes; Rule 144A. Exemplos. Medium-Term Notes; Rule 415. Yield to maturity; All-in-cost.
2. Treasuries:
2.1. T-Bill; T-Note; T-Bond. Yield Curve; Spot Curve e Forward Curve.
3. Commercial-Paper:
3.1. Características e exemplo.
4. Repurchase Agreements;
5. Securitização de Exportação:
5.1. Estudo de caso;
5.2. Análise das características da operação;
5.3. Formação de garantias;
5.4. Papel do rating;
5.5. Gerência de riscos;
5.6. Aspectos do contrato.
6. Mortgage-Backed Securities: Tipos de MBS. Exemplos;
7. Produtos Híbridos: Convertible & Exchangeable Bonds & Notes IFRN; Commodities linked notes; reverse convertible notes; e range accruals;.
8. Como funcionam os Depositary Receipts: ADR/GDR de níveis 1 , 2, 3 e 144; Exemplos.

 +   Autoliderança e autoconhecimento

1. Conceito de autoliderança;
1.1. Os quatro pilares da autoliderança: autoconhecimento, autocompreensão, auto-respeito e auto-organização;
2. O autoconhecimento e o processo de autotransformação;
3. Gestão do tempo e qualidade de vida;
3.1. Os desperdiçadores do nosso tempo;
3.2. O desempenho de papéis e a gestão do tempo;
3.3. Matriz da administração do tempo;
4. Importância X urgência;
4.1. Definição de prioridades;
4.2. As gerações da administração do tempo;
5. A chave da transformação: o senso da missão;
6. Visão, valores e missão pessoal;
7. Ferramentas para autotransformação;
8. Planejamento estratégico pessoal e a mudança de paradigmas pessoais.

 +  Laboratório de Derivativos

Renda Fixa, Renda Variável, Mercado Futuro, Opções e Swaps
Neste módulo os alunos irão realizar operações com derivativos, de modo a verificar os resultados obtidos com essas operações, vis-à-vis o comportamento do cenário econômico. Primeiramente os alunos realizarão a dinâmica imposta pelo Game (Pregões) com o auxílio do professor. No segundo momento, farão novas operações livremente, de modo a maximizar seus resultados.
1. Operações de risco no mercado futuro da BMF. Operações monitoradas pelo professor com o objetivo de simular operações especultivas
2. Operações de hedge no mercado futuro da BMF. Operações também monitoradas pelo professor com o objetivo de simular operações de hedge.
3. Operações de risco no mercado de SWAPs. Operações monitoradas pelo professor com o objetivo de simular operações especultivas
4. Operações de hedge no mercado de SWAPs. Operações também monitoradas pelo professor com o objetivo de simular operações de hedge.
5. Operações de risco no mercado de opções. Operações monitoradas pelo professor com o objetivo de simular operações especultivas
6. Operações de hedge no mercado de opções. Operações também monitoradas pelo professor com o objetivo de simular operações de hedge.
7. Operações livres utilizando aos ativos e o mercado futuro disponíveis no game.

 

Carga horária disciplinas: 390 horas




Corpo Docente

 +  Esp. Affonso Henrique L. de M. Barros

Pós-graduado em Mercado de Capitais pela FGV e em Capacitação Empresarial pela Firjan - IEL/Coppe; e graduado em Ciências Contábeis pela UERJ, com MBA-Executivo pela Coppead pela UFRJ. Consultor de empresas e palestrante de temas contábeis, administrativos, financeiros e tributários, tendo atuado em programas in company. Ocupou diversos cargos executivos em empresas nacionais e internacionais. Atualmente, é controller do Grupo Ágora. Instrutor da ANBIMA, é professor de Contabilidade, Administração, Finanças e Jogos de Negócios em cursos de pós-graduação da FGV, FunCefet e Candido Mendes.

 +  Me. Alexandre Ribeiro Barbosa

Mestre em Administração (tema relacionado à curva de juros e modelos de hedge) e pós-graduação em MBA Executivo em Finanças, ambos pelo IBMEC-Rio, e graduação em Contabilidade e Analista de Sistemas. Tem certificação Multidisciplinar da ANBIMA (similar CPA-20). É Gerente da área de Trading do Banco do Brasil - assunção de risco intencional com estratégias/operações nos mercados de renda fixa, renda variável, câmbio e commodities. Possui experiência em administração de carteiras e gestão de Tesouraria (análise e rentabilização da liquidez, imunização de descasamentos, ALM etc.) e operações/produtos do mercado financeiro.

 +  Esp. Aloísio Villeth Lemos

Pós-graduado em Engenharia Econômica e Organização Industrial pela UERJ e docência do Ensino Superior pela Universidade Candido Mendes. Atua na área de Análise Fundamentalista, com passagem em bancos, corretoras e consultorias. É membro orientador do INI - Instituto Nacional de Investidores e trabalha na Ágora Corretora, fazendo parte da equipe de Análise e Pesquisa da instituição.

 +  Dra. Ana Cláudia Morrissy Machado

Doutora em Engenharia Industrial (PUC-Rio, 2006). Mestre em Ciências em Engenharia Industrial (PUC-Rio, 1999). Engenheira Civil, habilitada em Cálculo Estrutural (UFRJ, 1995). Atua na área de Corporate Real State, acompanhando a reforma de agências e fazendo estudos de viabilidade técnico-econômica.

 +  Me. Ariel Levy

Mestre em administração pelo IBMEC; pós-graduado em administração e finanças também no IBMEC e graduado em Engenharia Elétrica pela UFF; consultor, ex Conselheiro da FIRJAN, ex Presidente do SISAVERJ, Professor do MBA de Finanças, Marketing no IBMEC; Professor do MBA de Seguros do IDEA, Professor da UNIGRANRIO, Professor das Faculdades UNIVERCIDADE.

 +  Esp. Carlos Alberto Saraiva

Pós-graduado em Comércio Exterior e em Administração em Programa de Desenvolvimento Gerencial pela UFRJ; tem MBA em Finanças pelo Ibmec. Atua, há dez anos, no desenvolvimento de programas de treinamento e projetos in company nas áreas de Câmbio e Comércio Exterior. É vice-diretor da área de Controle Operacional do Banco Brascan S/A.

 +  Esp. Celso Evaristo Silva

Pós-Graduação: Gestão em RH(FGV) e Ciência Política(IM Bennett), Graduação: Administração(UFRJ) e Sociologia(UERJ); Experiência Prof.: Cia Cerv. Brahma(1977-1981) – Estágio e Analista de Treinamento.

 +  Dr. Claudio Henrique da S. Barbedo

Mestre e Doutor pela UFRJ - Coppead na área de Finanças é formado pela Escola Naval. Atua como professor das disciplinas de Finanças em cursos de Pós-Graduação de várias entidades do mercado financeiro. É professor do IBMEC. Possui trabalhos publicados em revistas e trabalhos apresentados em vários congressos acadêmicos no Brasil e no exterior. É funcionário de Instituição Pública Federal.

 +  Me. Gislane De Menezes Costa

Mestre em Ciências Contábeis, pela UERJ. Sub Contadora da Ponte S/A, atuação na contabilidade e no desenvolvimento de sistemas contábeis e financeiros da Facilita Créd., Financ. e Investimento S/A, empresa da Lojas Americanas S/A. Auditora Interna da Icatu Hartford S/A e professora universitária desde 1992 com concurso aprovado para o funcionalismo público em 1998.

 +  Esp. Germano Ferolla

Doutorado em Economia (ABD) pela EPGE-FGV-RJ. Formado em Engenharia Elétrica pela PUC-RJ e Economia pela UFRJ. Diretor-adjunto do Banco Banif Primus, responsável pela Banif Primus Asset Management. Diretor do Banco Primus e da Estructura DTVM, responsável pelas operações de open market. Gerente da Open Corretora.

 +  Me. Geraldo Sales Marinho

Mestre em Engenharia de Produção pela UFRJ, com MBA em Finanças pela PUC-Rio, é engenheiro de formação e trabalha como assessor sênior na Diretoria de Gestão de Riscos do Banco do Brasil, atuando na área de Gestão de Riscos de Fundos de Investimentos da BB DTVM, na homologação de modelagem financeira de títulos de renda fixa e assessoria em riscos financeiros para analistas e gestores de fundos de investimento, tendo atuado também em mercado de capitais nas áreas de Underwriting de Títulos de Renda Fixa (debêntures e commercial papers) e na estruturação de Fundos de Investimento Imobiliário e Fundos de Investimentos em Direitos Creditórios.

 +  Esp. Gonzaga de Souza Filho

Mestrando em Economia, é economista com MBA em Finanças e Mercado de Capitais pela FGV e pós-graduação em Engenharia Econômica pela UERJ, é professor convidado do MBA da FGV-EPGE, nas cadeiras de Finanças e Mercado de Capitais, e dos cursos regulares da BM&F sobre mercados Derivativos. Profissional com 14 anos de experiência em diversos setores do mercado financeiro, ocupou os cargos de chefe de Divisão de Relações Institucionais da BM&F e gerente de Produtos Pleno do Banco Nacional S/A.

 +  Me. Gustavo Silva Araujo

Doutorado em Economia na EPGE/FGVE, mestre pelo IAG/PUC-Rio em Administração (ênfase em finanças), engenheiro de Produção pela PUC-Rio. Possui, ainda, pós-graduação em Análise, Projeto e Gerência de Sistemas pela PUC-Rio. Atua como professor da disciplina Derivativos no curso de Administração de Empresas da PUC-Rio, na ANBIMA e no Coppead. Possui artigos publicados em revistas e trabalhos apresentados em congressos acadêmicos no Brasil e no exterior. É funcionário do Departamento de Estudos e Pesquisas de Instituição Pública Federal e autor do livro Mercado de Derivativos do Brasil - Conceitos, Operações e Estratégias.

 +  Me. Ivan Tavares Atherino

Mestre em Administração de Empresas e master em Finanças pelo Ibmec-RJ, especialista em Economia pela FGV-RJ (mestrado sem tese), graduado em Economia e Direito pela Universidade Candido Mendes, com vários cursos de extensão. Leciona em cursos de MBA e pós-graduação.

 +  Me. Marcelo Cidade

Mestre em Economia Empresarial da UCAM e pós-graduado no curso de Análise de Conjuntura da UFRJ. Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal Fluminense, é analista econômico da área técnica da ANBIMA desde 1989.

 +  Me. Marcelo de Souza Pinto

Mestre em Administração e Desenvolvimento Empresarial, graduado em Administração e Processamento de Dados. Coordenador do curso preparatório para Certificação Anbid e professor do MBA de Marketing Empresarial da UFF e UGF. Atuou durante cinco anos como analista financeiro na BB-DTVM. Atualmente é auditor no Banco do Brasil na Gerência de Mercado Financeiro.

 +  Me. Myrian Lund

Mestre em Administração com foco em Gestão Empresarial pela FGV, tem MBA em Finanças pelo Ibmec. É professora nos MBA da FGV e USP e consultora de Planejamento Financeiro e treinamento de gerentes em instituições financeiras. Possui experiência de 20 anos em posições de alta gerência no mercado financeiro.

 +  Me. Paulo Lamosa Berger

Mestre em Economia Empresarial pela Ucam. É funcionário de carreira de Instituição Pública Federal, atuando na mesa de renda fixa. É professor de Derivativos e Mercado de Títulos Públicos na FGV e em outras instituições. Autor dos games derivativos.

 +  Esp. Raimundo Aben Athar

Mestrando em Gestão Empresarial; pós-graduado em Administração Financeira; MBA Executivo pelo Coppead; profissional da área Financeira há 23 anos, com sólidos conhecimentos em produtos e serviços bancários, aplicações financeiras e comerciais, gerência de Tesouraria, Reservas Bancárias e a interligação com os recolhimentos compulsórios; experiência na área de Auditoria de Bancos.

 +  Me. Regina Arczynska Lago

Mestre em Educação pela UERJ e bacharel em Psicologia pela UERJ, foi professora de dinâmica de grupo no curso de pós-graduação de Gestão e Recursos Humanos na Universidade Gama Filho, do curso Chefia e Liderança no IAG/PUC-Rio e do módulo Treinamento e Desenvolvimento de Pessoal no curso Sistema Integrado de RH, na PUC-Rio.

 +  Me. Roberto Rodriguez Meire

Mestre em Administração e Desenvolvimento Empresarial, graduado em Economia, especialização em Mercado de Capitais na New York University (NYU), no Institut Européen d'Administration Affairs (Insead), e na Nomura Securities (Tokyo). Ex-gerente de Treinamento da BVRJ, prof. de Mercado de Capitais da UGF e da pós-graduação em Gestão Financeira da Universidade Estácio de Sá.

 +  Me. Rogério Gomes de Faria

Mestre em Economia Empresarial pela UCAM e pós-graduado em Economia pela FGV-RJ, foi professor da Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG, da Faculdade de Ciências Administrativas da UMA e da Escola de Engenharia da UFMG. Foi diretor-presidente do Banco Dracma, conselheiro e diretor do BBC e atuou como gerente financeiro geral do Bemge.

 +  Dra. Ronize Aline Matos de Abreu

Doutora em Engenharia de Sistemas e Computação pela Coppe/UFRJ, mestre em Relações Internacionais pela PUC-Rio, pós-graduada em Assessoria de Comunicação pela UniverCidade, graduada em Comunicação Social pela UniverCidade. Experiência em jornalismo impresso e online, assessoria de comunicação e comunicação empresarial. Atualmente é professora do Centro Universitário Carioca, já tendo sido coordenadora do curso de jornalismo daquela instituição.

 +  Esp. Vinícius de Mello Pinho

Pós-graduado em Auditoria e Compliance e Graduado em ciências econômicas pelo IBMEC - RJ. Foi analista senior de Compliance na Mellon DTVM até 2004 quando assumiu a gerência de Controles Internos e Compliance da Ágora Corretora até 2007. Foi sócio e officer de Controles Internos da Mercatto Investimentos até 2009. Atualmente, é consultor de empresas nas áreas de compliance, gestão de processos, riscos operacionais e controles internos. Membro do corpo docente da Anbima desde 2007 e coordenador do MBA em Gestão de Compliance e Risco Operacional.



Coordenação

 +  Me. Patrícia Guedes

Assessora da Gerência de Educação da Associação, é mestre em Economia Empresarial pela UCAM; pós-graduada em Finanças com ênfase em Mercado de Capitais, pelo Codimec - Comitê de Divulgação de Mercado de Capitais e Fundação Getulio Vargas - FGV/SP, e bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade de Fortaleza/CE. Atua há 18 anos na área educacional e mercado financeiro.

Ao obter informações através deste site você declara conhecer e aceitar os Termos de Uso e Política de Privacidade da ANBIMA