Comunicados

Limite Mínimo de Gerentes de Relacionamento Certificados pelo IBCPF (CFP ®) para o Segmento de Private Banking

Limite Mínimo de Gerentes de Relacionamento Certificados pelo IBCPF (CFP ®) para o Segmento de Private Banking

Prezados Senhores,

O art. 9º, inciso II, alínea “e” do Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para a Atividade de Private Banking no Mercado Doméstico (“Código”) estabelece que as Instituições Participantes devem manter, no mínimo, 75% dos seus gerentes de relacionamento do segmento private banking certificados pelo IBCPF (CFP®).

As regras sobre percentual mínimo de gerentes de relacionamento certificados pelo IBCPF (CFP®) foram publicadas no Código desde dezembro de 2010 e, conforme seu o art. 42, os seguintes prazos foram estabelecidos até que o limite mínimo de 75% seja atingido e mantido:

(i) 31 de dezembro de 2013, para atingir o limite mínimo de 30%;
(ii) 31 de dezembro de 2014, para atingir o limite mínimo de 40%;
(iii) 31 de dezembro de 2015, para atingir o limite mínimo de 50%; e
(iv) 31 de dezembro de 2016, para atingir o limite mínimo de 75%.

No início desse ano, avaliamos os percentuais de gerentes certificados atingidos por cada instituição participante do Código e identificamos que todas atingiram o limite mínimo de 50%, conforme estabelecido para o período. Entretanto, percebemos que algumas dessas instituições estão distantes dos 75% previstos para 31 de dezembro deste ano.

Importante ressaltar que o limite mínimo de gerentes certificados vem subindo de dez em dez por cento desde 2013; mas, nesse ano, o salto será de 25%, conforme demonstrado acima. Salienta-se, ainda, que o IBCPF incluiu mais 1 (uma) prova no seu calendário anual, totalizando 3 (três) provas de certificação ao longo desse ano.

Nesse sentido, com objeto de alertar as instituições participantes do Código e com base em todo o exposto, vimos reforçar a necessidade de que (i) o limite mínimo de 75% de gerentes de relacionamento de private banking certificados pelo IBCPF (CFP®) seja atingido até 31/12/2016 e (ii) que tal limite seja mantido a partir dessa data.

Dúvidas ou esclarecimentos adicionais poderão ser direcionados para Alessandra Morais (11) 3471-5227.

Certos de contarmos com a contribuição de todos para que sejam atingidos os objetivos da Regulação e Melhores Práticas da ANBIMA, subscrevemo-nos.


Atenciosamente,

Guilherme Benaderet
Superintendente de Supervisão de Mercado



2016000039_Comunicado CFP 75%.pdf05/07/2016