• Eventos.
  • Imprensa.
  • Fale Conosco.

Análise Prévia de Ofertas Públicas

Realizamos a análise prévia de ofertas públicas, por meio de um convênio com a CVM, para auxiliar as instituições na colocação de seus papéis no mercado via Instrução CVM 400. O prazo máximo previsto na regulamentação para registro de emissão via convênio é de 44 dias úteis. Por rito ordinário, esse prazo pode chegar a 90 dias úteis.

Confira abaixo as etapas para utilização do convênio:

Entrega de toda documentação necessária para análise de oferta pública, conforme Circular de Supervisão 2018/001, por meio de CD-ROM em nosso escritório em São Paulo:

ANBIMA
A/C Supervisão de Ofertas Públicas
Av. das Nações Unidas, 8.501, 21º andar
CEP: 05425-070
Pinheiros - São Paulo/SP

Caso a entrega seja feita até as 12h, a análise começa no dia útil seguinte. Se for depois desse horário, inicia-se dois dias úteis depois. Toda a comunicação e reporte do processo é feita por e-mail. 

A análise inicial dura cinco dias úteis. Ao final, elaboramos um relatório solicitando as informações faltantes. A instituição tem o prazo de até três dias úteis para devolver a documentação ajustada. Temos um dia útil para analisar novamente e enviar um novo relatório, caso ainda reste alguma pendência. Novamente, a instituição tem até três dias úteis para acertar o que for necessário. Quando a documentação estiver correta, o pedido segue para análise da CVM.

Quando tudo estiver ok, enviamos um relatório para a CVM com nosso parecer sobre a documentação da oferta. O regulador tem sete dias úteis para manifestar-se sobre a emissão. Após este período, a CVM pode solicitar ajustes. Caso isso aconteça, a instituição tem 15 dias úteis para cumprir as exigências, que serão verificadas pela ANBIMA no prazo de cinco dias úteis. Enviamos um novo relatório para a CVM, que pode dar ou não o aval para a oferta. Quando as alterações forem exigidas pela CVM, a aprovação pode acontecer em quatro dias úteis. Se as alterações forem voluntárias da instituição solicitante, o prazo estende-se para  sete dias úteis.

O material publicitário da oferta pública também passa por análise prévia de nossa equipe. O processo é parecido com a análise dos outros documentos: após nossa análise técnica, o conteúdo é enviado para apreciação da CVM.

O prazo para análise de material publicitário pelo regulador é de 10 dias úteis para fundos de investimento e de 5 dias úteis para os demais valores mobiliários. Após este período, a autarquia pode aprovar ou reprovar o material. Há também a possibilidade de aprovação com ressalvas. Neste caso, a CVM aponta problemas pontuais que deverão ser corrigidos antes da veiculação da publicidade ou indica ajustes maiores no material, que deverão ser validados pela nossa equipe antes de ser divulgado.