Imprensa

Ofertas de ações no mercado doméstico alcançam recorde no primeiro bimestre

As ofertas de ações realizadas em janeiro e fevereiro de 2017 somaram R$ 5,6 bilhões, segundo dados do boletim divulgado pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA). O volume é recorde para operações no segmento doméstico de renda variável em um primeiro bimestre desde 2007, quando foram registrados R$ 7,1 bilhões.

O follow-on da CCR, de R$ 4,1 bilhões, levou o setor de Transporte e Logística à liderança das ofertas de ações, com 72,8% do volume total. O segmento de Assistência Médica e Produtos Farmacêuticos respondeu por 15,7% e o de Comércio Varejista por 11,5% das operações. Em fevereiro, o IPO (Oferta Pública de Ações) da Movida Participações levantou R$ 645,2 milhões e o do Instituto Hermes Pardini, R$ 877,7 milhões.

As ofertas de títulos de renda fixa no mercado internacional permaneceram na liderança das captações das companhias brasileiras. Em fevereiro, as operações externas somaram US$ 2,5 bilhões e começaram pela captação da Embraer, que levantou US$ 750 milhões com a emissão de um título de 10,1 anos de prazo. Na sequência, Vale e Rumo levantaram US$ 1 bilhão e US$ 750 milhões, respectivamente, e contribuíram para o total de US$ 7,7 bilhões no bimestre.

O setor de Petróleo e Gás liderou o volume das operações externas no ano, com 51,9% do total, influenciado pela captação de US$ 4 bilhões da Petrobras em janeiro. Considerando o número de operações, entretanto, as ofertas ficaram distribuídas também entre os setores de Agronegócio, Aviação e Aeronáutica, Metalurgia e Siderurgia, Papel e Celulose e Transporte e Logística.

Confira o relatório completo aqui.

Sobre a ANBIMA

A ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) representa mais de 270 instituições de diversos segmentos. Dentre seus associados, estão bancos comerciais, múltiplos e de investimento, asset managements, corretoras, distribuidoras de valores mobiliários e consultores de investimento. Ao longo de sua história, a Associação construiu um modelo de atuação inovador, exercendo atividades de representação dos interesses do setor, de regulação e supervisão voluntária e privada de seus mercados, e de oferta de produtos e serviços que contribuam para o crescimento sustentável dos mercados financeiro e de capitais.