• Eventos.
  • Imprensa.
  • Fale Conosco.

Boletim Renda Fixa

Volatilidade marca trajetória do IMA

 

As dúvidas dos agentes quanto ao encaminhamento da proposta da reforma previdenciária em um contexto de sucessivas correções para baixo das expectativas de crescimento da economia para este ano, provocou um ambiente de maior volatilidade nos preços dos ativos, o que se refletiu na trajetória do IMA- Geral e seus respectivos sub índices.

Como reflexo desse cenário os resultados mensais do IMA-Geral, IRF-M e IRF-M 1+ - 0,48%, 0,47% e 0,23%, respectivamente -, foram os mais baixos desde setembro de 2018.

Grafico_Rentabilidades_032019.png

Nesse ambiente, os índices de maior duration do IMA, o IMA-B5+ e o IMA-B5, registraram o maior nível de volatilidade dos últimos meses, encerrando o mês com variação de 0,55% cada. No ano, o IMA-B5+ apresenta o maior retorno, com variação de 7,2% no primeiro bimestre.

Grafico_Volatilidade_032019.png

No mercado corporativo, a volatilidade do preço dos títulos também foi relevante, sobretudo nos índices de maior duration, no caso o IDA- IPCA Infraestrutura. Os resultados mensais do segmento, entretanto, mostraram valorização mensal, com destaque para o IDA-IPCA ex-infraestrutura com variação de 0,88%, seguida do IDA-IPCA infraestrutura com retorno de 0,69% e do IDA-DI, de menor duration, que registrou elevação de 0,59%. O IDA-Geral encerrou o mês com variação de 0,66%.