• Eventos.
  • Imprensa.
  • Fale Conosco.

Notícias

"Queremos estar cada vez mais próximos dos associados"

Banner-especial-Whatsapp-Workplace-Jose-Carlos-Doherty.jpg 

Neste primeiro semestre, os associados passarão a contar com dois novos canais de comunicação com a ANBIMA: o WhatsApp e o Workplace. O primeiro é conhecido por quase todo mundo que tem um smartphone, enquanto o segundo é exclusivo do público corporativo. Trata-se do aplicativo do Facebook que funciona de forma muito similar à rede social, permitindo a publicação de posts, a criação de lives e de enquetes, além de grupos de debate online. O WhatsApp foi lançado no mês de abril e o Workplace chegará a todos em junho.

"Queremos estar cada vez mais próximos dos associados e as soluções tecnológicas permitem que isso seja feito de forma ágil e prática", conta José Carlos Doherty, nosso superintendente-geral. No bate-papo abaixo, ele fala sobre as razões para o lançamento das ferramentas e o objetivo de cada uma delas.

Quais foram as motivações para o lançamento de novos canais de comunicação?

O mundo está cada vez mais dinâmico com comunicações ágeis e conexões em tempo real feitas com apenas um clique. É raro encontrar alguém hoje em dia sem um celular na mão. Dado esse cenário, identificamos no WhatsApp e no Workplace uma forma de acompanharmos essa tendência na hora de nos comunicarmos com os associados. São ferramentas modernas e complementares aos outros canais que já temos. Além disto, as novidades vão ao encontro de uma demanda antiga dos associados de ter mais acesso às discussões e temas abordados nas reuniões da Associação. Por mais que sejamos uma entidade próxima e com canal sempre aberto, queremos estar cada vez mais próximos dos associados e as soluções tecnológicas permitem que isso seja feito de forma ágil e prática.

Qual é o objetivo do WhatsApp?

Utilizamos o WhatsApp para fazer uma comunicação mais tempestiva, com alertas sobre novos dados disponíveis, lançamento de eventos, divulgação de audiências públicas dos órgãos reguladores, entre outros. São informações curtas e rápidas sobre temas relevantes. Não são apenas sobre a ANBIMA, mas relacionadas ao mercado de forma geral. Os associados poderão escolher sobre quais assuntos querem ser informados: gestão de fundos mútuos; gestão de fundos estruturados; estruturação de ofertas; negociação; serviços fiduciários; e distribuição. Além disto, serão comunicados sobre temas institucionais da ANBIMA.

 Banners-interno-Workplace-Whatsapp.jpg 

Por que esses seis assuntos foram selecionados?

Foi uma maneira de dividir as grandes atividades que temos no mercado em vez de focar nos produtos – um movimento que já aconteceu na autorregulação, que mudou o olhar dos produtos para as atividades. Com essa divisão, conseguimos oferecer informações direcionadas ao público que se interessa por cada tema.

Qual será o foco do Workplace?

Ao contrário do WhatsApp, que privilegiará uma comunicação rápida, o Workplace será um ambiente para informações consolidadas, publicação de documentos para discussão e dados exclusivos. Por exemplo, por lá podem ser discutidos os pleitos em andamento, o que fortalecerá a nossa representação dos interesses dos associados – agora evoluindo também para o mundo digital. Será um espaço para uma comunicação mais qualificada com o recebimento de sugestões e constante troca de ideias.

As pessoas poderão conversar entre si nessas ferramentas?

No WhatsApp, a interação será feita individualmente entre a ANBIMA e associado e vice-versa, associado com a ANBIMA. Seremos como um contato normal no celular, que pode ser acionado para qualquer demanda ou dúvida. No Workplace, a dinâmica será diferente. Teremos grupos sobre diversos assuntos e as pessoas poderão interagir entre si ou com a ANBIMA, como acontece no Facebook normalmente: por meio de comentários, curtidas, via messenger, entre outros. Quem será convidado para esses canais?

 Banners-interno-Workplace-Whatsapp-II.jpg  

Quem será convidado para esses canais?

Todas as instituições associadas. Quem já participa dos nossos organismos e aqueles que estão na “fila” esperando uma vaga para algum comitê ou subcomitê serão convidados. O contato com as demais instituições será feito por meio do representante ANBIMA, que é o ponto focal da empresa com a Associação. Ele será responsável por indicar os profissionais que devem participar dos canais.

Qual é a expectativa da ANBIMA com o lançamento destes canais?

Que não falte informação de qualidade e de interesse aos associados. O intuito é que essas novas formas de interação enriqueçam ainda mais as discussões do mercado com a contribuição de diferentes olhares e percepções, além de trazerem mais transparência aos “donos” da associação.

 
Notícias relacionadas

Não foram encontrados resultados para esta consulta.