• Eventos.
  • Imprensa.
  • Fale Conosco.

Notícias

Rentabilidade dos títulos públicos recua em agosto com cenário pré-eleitoral e desvalorização do real

Acompanhe a performance das LTNs e NTN-Fs pelos nossos índices

 

A rentabilidade dos títulos públicos voltou a registrar queda em agosto após a recuperação que havia sido verificada no mês anterior. A desvalorização do real, a partir do cenário externo volátil (principalmente com as crises econômicas na Argentina e na Turquia), e as incertezas com a eleição presidencial local contribuíram para o resultado. Os papéis de prazos mais longos foram os principais afetados, como aqueles refletidos pelo IRF-M1+, subíndice do IRF-M (Índice de Renda Fixa do Mercado) que mostra a variação dos títulos prefixados com prazo acima de um ano: a queda foi de 1,47% em agosto.

+ Confira o Boletim de Renda Fixa para saber as movimentações dos títulos públicos

Já os papéis prefixados com prazo de até um ano, medidos pelo IRF-M1, tiveram rendimento de 0,44%. “O resultado mostra que os investidores estão mais cautelosos no atual período de incertezas, optando por papeis com duração menor”, afirma Hilton Notini, nosso gerente de Preços e Índices.

+ Acompanhe as movimentações do IRF-M

Entenda o índice

O IRF-M mede a performance de títulos públicos prefixados, ou seja, LTNs e NTN-Fs, e tem dois subíndices: o IRF-M 1, formado por papéis com vencimento inferior a um ano, e o IRF-M 1+, composto por ativos com vencimento superior a um ano.

O índice pode ser utilizado por investidores que queiram comparar o quanto suas aplicações têm rendido. Ele também é uma medida válida para gestores de fundos, que podem replicar (gestão passiva) ou tentar superar a performance do índice (gestão ativa).

Criado em dezembro de 2000, o IRF-M reflete as principais movimentações do mercado. A greve dos caminhoneiros, em maio deste ano, gerou incertezas político-econômicas que levaram à queda de 1,85% no índice, cenário que só foi se recuperar em julho, com valorização de 1,47%. No ano passado, o índice seguia estável, mas apresentou retornos menores devido às dúvidas quanto à aprovação da reforma previdenciária no Congresso.

 rentabilidade_IRF-M.png

O IRF-M faz parte da família do IMA (Índice de Mercado ANBIMA) e é divulgado todos os dias às 19h, além de ter um resultado intradiário que é publicado às 12h. Para acompanhar esses resultados, basta acessar a página de ferramentas de preços e índices, clicar em “consulta aos resultados diários” e selecionar o indicador. A carteira do índice é revista mensalmente, em todo primeiro dia útil. Para fazer parte dela, os papéis precisam ter sido colocados no mercado por meio de oferta pública dois dias úteis antes do rebalanceamento da carteira, além de terem prazo de vencimento superior a um mês.

 

Notícias relacionadas

Não foram encontrados resultados para esta consulta.