Perguntas e Respostas

Sim, porém as instituições não filiadas devem passar previamente por um processo de análise de exigências obrigatórias, a cargo da Diretoria da ANBIMA, conforme previsto no estatuto da Associação e no seu site na internet (art. 5º, § 1º).

A instituição participante poderá comprovar a existência de recomendação de contratação pela emissora e/ou ofertantes de instituição para desenvolver atividade de formador de mercado por meio de, por exemplo, (i) cláusula no contrato de intermediação; (ii) declaração da companhia emissora e/ou ofertante atestando que recebeu referida recomendação; (iii) apresentação do instrumento de contratação de instituição que desenvolverá a atividade de formador de mercado, dentre outros. No caso da comprovação ser por meio de cláusula no contrato de intermediação, a Instituição Participante deverá evidenciar na carta de pedido de registro da respectiva oferta pública a cláusula do referido contrato que contem tal recomendação.

É necessário acessar o sistema de Mercado Doméstico, preencher as informações solicitadas e anexar o formulário, disponível em “Bibliotecas de Documentos”, e os documentos;

Se não possui login e senha para acessar o sistema, envie um e-mail para mercadodomestico@anbima.com.br solicitando-o.

É necessário baixar o Formulário e Carta Padrão, disponíveis em “Bibliotecas de Documentos” e enviá-los preenchidos para o e-mail fusoeseaquisicoes@anbima.com.br

Veja Mais