• Eventos.
  • Imprensa.
  • Fale Conosco.

Notícias

Raio X do investidor: brasileiro não se prepara para a aposentadoria

A pesquisa Raio X do Investidor investigou como os brasileiros estão se preparando para a aposentadoria. Os resultados mostram que o planejamento financeiro não é realidade para a maioria da população. Ainda que 66% das pessoas se preocupem em como se sustentarão nessa fase da vida, quase metade (47%) espera contar com os recursos da previdência social. Na outra ponta, 28% pretendem continuar no mercado de trabalho, enquanto 2% acreditam que terão apoio dos filhos ou da família.

+: Menos da metade dos brasileiros têm dinheiro aplicado em produtos financeiros

Apenas dois em cada dez brasileiros (21%) afirmaram que estão se planejando de uma ou mais formas para a velhice: 10% pretendem utilizar o dinheiro de aplicações financeiras, 6% vão contar com o retorno de um plano de previdência privada, 4% receberão aluguéis de imóveis que possuem e 1% diz ter economias guardadas. Já 12% das pessoas declararam não ter a menor ideia de onde virá o sustento na aposentadoria.

+: Veja a página especial sobre a pesquisa e baixe o relatório completo com os dados

“É urgente que haja uma conscientização nacional sobre a importância do planejamento financeiro para a aposentadoria. O atual cenário nebuloso, em que se discute o déficit da previdência pública, e com a necessidade de que seja realizada o quanto antes uma reforma no setor, só reforça essa pressa”, afirma a nossa superintendente de Educação e Informações Técnicas, Ana Leoni.

Também ouvimos na pesquisa os brasileiros que já se aposentaram. Entre eles, 89% têm a previdência social como única fonte de renda. Apenas 6% são sustentadas pela previdência privada, 1% pelo dinheiro aplicado em produtos financeiros e 2% pela renda dos aluguéis que recebem. Outra parcela continua fazendo bicos (2%) ou dependendo da família (2%).

aposentadoria.jpg

 

Seis em cada dez aposentados disseram que os gastos aumentaram quando chegaram na terceira idade. Ainda assim, 41% deles consideram seu padrão de vida igual ao anterior (antes da aposentadoria) e 34% acham que melhorou. Para os que ainda vão se aposentar, a expectativa de 46% é de que as despesas aumentem ou se mantenham (41%) na velhice, enquanto 28% acham que o padrão de vida estará melhor.

 

 

Notícias relacionadas

Não foram encontrados resultados para esta consulta.