• Empresas fiscalizadas.
  • Fale Conosco.
  • Imprensa.

Imprensa

Nova Diretoria ANBIMA: mais de 300 pessoas prestigiam cerimônia de posse

São Paulo, 10 de maio de 2022 –  A nova Diretoria da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), formada por Carlos André, presidente, por oito vice-presidentes e por 13 diretores, tomou posse em cerimônia realizada nesta terça-feira, dia 10, no Auditório do Ibirapuera em São Paulo. Mais de 300 pessoas acompanharam o evento.

O novo presidente reforçou a continuidade ao trabalho da diretoria anterior, mas também o desafio de liderar a ANBIMA em meio a transformações, como a entrada de novos atores e temas no mercado de capitais, a exemplo das fintechs e das finanças descentralizadas. “Nosso objetivo é atrair e acolher esses novos players e trazê-los para enriquecer o debate, tendo sempre como premissa o fortalecimento do mercado”, disse.

Em discurso, Carlos André comentou sobre as expectativas do mercado a respeito da publicação das novas regulações da CVM de fundos e de ofertas públicas; citou a importância da nossa agenda de sustentabilidade; o esforço da ANBIMA em levar a educação financeira aos brasileiros; o constante aprimoramento dos programas de certificação; o acompanhamento dos influenciadores digitais; a consolidação da entidade como uma grande provedora de dados do mercado; entre outros temas. Ele ressaltou, ainda, a importância de estarmos em um ano eleitoral.

“Mais que participar, temos que estimular o debate democrático, ao mesmo tempo que firmamos posição em torno do que acreditamos ser o caminho para o Brasil retomar o crescimento sustentável. Apoiamos um ajuste fiscal e uma reforma tributária que fortaleçam a confiança na gestão das finanças públicas. Acreditamos na política monetária como instrumento chave para o controle da inflação. Defendemos a reavaliação permanentemente do papel e do tamanho do Estado brasileiro, para que o setor público tenha melhores condições de canalizar seu foco de atuação nos temas mais caros à sociedade, como saúde, segurança e educação”, afirmou André. “O mercado de capitais está pronto para ir ao encontro das demandas do setor privado por financiamento de longo prazo”, falou.

+ Confira o discurso na íntegra de Carlos André, novo presidente da ANBIMA

Esse debate só é possível por conta da representatividade da ANBIMA, característica destacada na fala de Carlos Ambrósio, presidente da Associação entre 2018 e 2022. “A grande riqueza da ANBIMA é a representatividade. É dela que vem toda a legitimidade do trabalho que fazemos. Falo da representatividade das instituições associadas e também dos líderes de mercado, que participam ativamente das nossas discussões”, afirmou.

Entre os presentes no café da manhã, estavam autoridades do governo; presidentes dos nossos fóruns, grupos consultivos, comissões, conselhos e grupos de trabalho; ex-presidentes da ANBIMA; presidentes de entidades parceiras; entre outros.

+ Confira o discurso na íntegra de Carlos Ambrósio, ex-presidente da ANBIMA

Marcelo Barbosa, presidente da CVM, também presente na cerimônia, destacou a importância do relacionamento frequente entre a ANBIMA e o regulador para alinhar conversas e o pulso do mercado. Ele citou as nossas contribuições na construção das novas regras de ofertas públicas e fundos, que devem sair em breve, e destacou as parcerias, a exemplo dos convênios de aproveitamento de supervisão de mercados.

A parceria com ANBIMA também foi citada por Paulo Valle, secretário do Tesouro Nacional. Ele elencou ações conjuntas que trouxeram impacto positivo na história da dívida pública brasileira, como a criação do IMA (Índice de Mercado ANBIMA).

Felipe Salto, secretário de Estado da Fazenda e Planejamento, discursou representando o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia. Ele reforçou que o estado de São Paulo está de portas abertas para dialogar com o mercado: “não existe país civilizado e desenvolvido sem o mercado de capitais igualmente sólido e desenvolvido”.

 

Sobre a ANBIMA

A ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) representa mais de 270 instituições de diversos segmentos. Dentre seus associados, estão bancos comerciais, múltiplos e de investimento, asset managements, corretoras, distribuidoras de valores mobiliários e consultores de investimento. Ao longo de sua história, a Associação construiu um modelo de atuação inovador, exercendo atividades de representação dos interesses do setor; de regulação e supervisão voluntária e privada de seus mercados; de distribuição de informações que contribuam para o crescimento sustentável dos mercados financeiro e de capitais; e de educação para profissionais de mercado, investidores e sociedade em geral.