• Empresas fiscalizadas.
  • Fale Conosco.
  • Imprensa.
    Português Português (BR)

Boletim de Fundos de Investimentos

Fundos de maior volatilidade registram 14 bilhões em saída líquida no mês de abril

Em abril de 2022, a indústria de fundos de investimento exibiu captação líquida de R$ 38,5 bilhões, aumentando a captação do ano para R$ 81,4 bilhões. Parte considerável deste resultado decorreu de aporte de um fundo classificado como FIDC, que aportou R$ 48,9 bilhões bilhões – mesmo sem este aporte, a classe de FIDC apresentaria saldo positivo no período.

Na margem, os R$ 4,9 bilhões de entrada líquida em abril nos fundos de renda fixa contribuíram para o resultado positivo da indústria. Esta classe registrou a menor captação para um mês desde dezembro de 2021, quando apresentou resgates de 52 bilhões, mas, ainda assim acumula R$ 114,4 bilhões de captação líquida de janeiro a abril de 2022 – maior resultado da série histórica desde 2002. A previsão dos membros do Grupo Macro ANBIMA é de que os juros domésticos se manterão mais altos por um período prolongado, o que favorece esta classe. Um outro indicativo reforça essa tese: dos R$ 75 bilhões resgatados na renda fixa em abril, cerca de R$ 13 bilhões foi resultado de um saque de um único fundo, revelando que os movimentos de saída vem sendo pontuais.

Entre os tipos desta categoria, o renda fixa duração baixa soberano reuniu o maior saldo do mês, de R$ 18,4 bilhões líquidos – esses fundos investem 100% em títulos públicos remunerados à taxa Selic diária.

Por outro lado, os fundos de maior volatilidade, ações e multimercados, somaram R$ 14 bilhões em saída líquida, com resgates de R$ 7,3 bilhões e R$ 6,7 bilhões, respectivamente. As duas classes vêm registrando captações negativas nos 4 meses deste ano, acumulando perdas de R$ 38,3 bilhões para os fundos de ações e R$ 47,2 bilhões nos multimercados.

Entre os tipos de fundos, em abril, aqueles denominados ações livre e multimercados livre lideraram a saída de recursos, com 3,6 bilhões e 6,4 bilhões, respectivamente.

Captacao liquida acoes e multimercados.png

Em relação às rentabilidades, todos os retornos dos tipos da classe ações foram negativos, com destaque para os fundos de ações setoriais que desvalorizaram 21,64% no mês. Em compensação, entre os fundos de renda fixa, todas as rentabilidades foram positivas, com destaque para os de duração alta grau de investimento, que performou 1,59%. No grupo da classe multimercados, a única desvalorização veio dos multimercados estratégia específica, com 1,01%.