• Impactos da Covid-19.
  • Conteúdos especiais.
  • Eventos.
  • Fale Conosco.
  • Imprensa.

Imprensa

ANBIMA assume a presidência da Associação Internacional de Fundos de Investimento

A ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) assumiu nesta semana a presidência da IIFA (Associação Internacional de Fundos de Investimento). O cargo será ocupado por Zeca Doherty, superintendente-geral da ANBIMA. Fórum global de coordenação e representação dos interesses das diferentes indústrias de fundos de investimento, a IIFA reúne 41 associações locais ou regionais de fundos de investimento, de países dos cinco continentes, totalizando US$ 54,9 trilhões de ativos sob gestão.

O mandato tem duração de dois anos e a escolha obedece a um rodízio entre as regiões. Agora é a vez da América Latina, e a ANBIMA, única entidade autorreguladora entre os associados da IIFA, foi a convidada a assumir o posto. "É um reconhecimento do espaço que conquistamos últimos anos, e da representatividade que a indústria de fundos brasileira tem no cenário mundial", destaca Doherty, "tanto em relação ao volume de ativos sob gestão, como à qualidade dos produtos e maturidade da nossa regulação", complementa.

O executivo assume a função em meio à pandemia, contexto que, segundo ele, traz prioridades para algumas questões, como liquidez e precificação de créditos privados. "São assuntos transversais a todas as indústrias de fundos, que já eram debatidos, mas que ganharam relevância", comenta. Questões como cibersegurança, digitalização e sustentabilidade também devem ganhar mais força nos debates da IIFA, segundo Doherty. "Temos a oportunidade de escalar esses temas, com discussões mais profundas e direcionamentos mais fortes, inclusive debatendo eventual regulação nessas frentes."

Associada à IIFA desde 2003, a ANBIMA tem participação ativa nas discussões promovidas na entidade. Nos últimos dois anos, coordenou o Comitê de Assuntos Regulatórios da entidade. "Com nossa experiência de diálogo com os reguladores, podemos ajudar a IIFA a construir um posicionamento equilibrado da indústria global de fundos de investimento", avalia Doherty. É a segunda vez que a ANBIMA ocupa a presidência do órgão. A anterior ocorreu entre 2011 e 2013 com Eduardo Penido.

Sobre a ANBIMA

A ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) representa mais de 250 instituições de diversos segmentos. Dentre seus associados, estão bancos comerciais, múltiplos e de investimento, asset managements, corretoras, distribuidoras de valores mobiliários e consultores de investimento. Ao longo de sua história, a Associação construiu um modelo de atuação inovador, exercendo atividades de representação dos interesses do setor; de regulação e supervisão voluntária e privada de seus mercados; de oferta de produtos e serviços que contribuam para o crescimento sustentável dos mercados financeiro e de capitais; e de educação para profissionais de mercado, investidores e sociedade em geral.