• Impactos da Covid-19.
  • Conteúdos especiais.
  • Eventos.
  • Fale Conosco.
  • Imprensa.

Imprensa

Nota à imprensa: a evolução da atividade de distribuição no Brasil

O Brasil experimentou nos últimos anos um movimento bastante positivo de consolidação das plataformas abertas de investimento e de maior concorrência entre diferentes modelos de negócios para a distribuição de produtos. Isso favorece o mercado e o investidor, com a multiplicação de players, ofertas e produtos.

Como movimento natural, caminhamos agora para uma melhor definição dos papeis dos vários agentes de mercado. Como já manifestado ao regulador, a ANBIMA defende o aprimoramento das regras que norteiam as atividades do consultor e do agente autônomo. Para este último, pregamos a multipreposição, que permitiria que ele possa trabalhar com mais de uma instituição financeira caso queira, desde que cumpra regras relacionadas ao controle da atividade devido à redistribuição das responsabilidades (como gravação de ordens, política de segurança da informação, entre outros temas).

Também defendemos a transparência ao investidor, seja na abertura das informações quanto à remuneração dos agentes autônomos, dos consultores e demais profissionais de distribuição das instituições financeiras. A transparência também deve alcançar os custos envolvidos nas operações. Acreditamos na transparência como norte para a atuação das instituições, especialmente no relacionamento com o cliente - é esse o posicionamento que a ANBIMA persegue na construção das regras de autorregulação e nas propostas de aprimoramento à regulação.

Aos profissionais de mercado, trabalhamos pela qualificação e educação continuada. São eles que, na ponta, representam a indústria de investimento aos olhos do cliente, motivo pelo qual prezamos pela excelência na concessão das certificações exigidas para o desempenho das atividades de distribuição e consultoria de produtos de investimento.

Todos esses movimentos fortalecem a indústria de gestão, cujo papel estratégico se faz ainda mais relevante diante da busca por diversificação, especialmente no atual cenário econômico.

Sobre a ANBIMA

A ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) representa mais de 250 instituições de diversos segmentos. Dentre seus associados, estão bancos comerciais, múltiplos e de investimento, asset managements, corretoras, distribuidoras de valores mobiliários e consultores de investimento. Ao longo de sua história, a Associação construiu um modelo de atuação inovador, exercendo atividades de representação dos interesses do setor; de regulação e supervisão voluntária e privada de seus mercados; de oferta de produtos e serviços que contribuam para o crescimento sustentável dos mercados financeiro e de capitais; e de educação para profissionais de mercado, investidores e sociedade em geral.