• Impactos da Covid-19.
  • Conteúdos especiais.
  • Eventos.
  • Fale Conosco.
  • Imprensa.
    Português Português (BR)

Circulares

Novas certificações para gestores de recursos de terceiros

Novas certificações para gestores de recursos de terceiros

Prezado(a) associado(a),

Apresentamos hoje as nossas novas certificações para gestores de recursos de terceiros. A função, para a qual era exigida a CGA, terá certificados mais específicos para atender às novas demandas impostas a estes profissionais em razão da evolução do mercado. A reestruturação teve como base um estudo que analisou as responsabilidades dos gestores e as qualificações técnicas necessárias para a sua atuação. Assim, como resultado, a CGA foi dividida em três certificações complementares entre si:

- CGA (Certificação de Gestores ANBIMA): passa a ser obrigatória apenas para os profissionais que fazem gestão de fundos de renda fixa, ações, multimercados e cambiais.

- CGE (Certificação de Gestores ANBIMA para Fundos Estruturados): será obrigatória para gestão de fundos imobiliários (FII), fundos de investimento em participações (FIP) e fundos de investimento em direitos
creditórios (FIDC). Ela vem para atender demanda do mercado por uma certificação específica para produtos estruturados.

- CFG (Certificação ANBIMA de Fundamentos em Gestão): é uma certificação de entrada para quem quer trabalhar no mercado de gestão. Não será obrigatória para nenhuma função específica e nem habilita o profissional para ser gestor, mas será pré-requisito para se certificar nas demais, servindo como uma certificação introdutória.

Os primeiros exames deste novo modelo estão previstos para março de 2021. Até lá, os interessados podem prestar normalmente as provas da CGA no modelo atual, desde que observem os prazos limites para conclusão do processo antes dos exames serem descontinuados.

Transição
Os profissionais que já têm CGA terão suas certificações convertidas automaticamente para o novo modelo, passando a ser detentores das três novas certificações, inclusive aqueles que foram dispensados do exame (isentos). As instituições terão um prazo, que será divulgado em breve, para readequar o cadastro de seus gestores na autorregulação de acordo com as atividades obrigatórias para cada certificação.

Os detalhes das novas certificações podem ser conhecidos em página exclusiva sobre o assunto no Portal ANBIMA: http://anbi.ma/novas-certificacoes

Atenciosamente,

Zeca Doherty
Superintendente-geral

15/10/2020