• Empresas fiscalizadas.
  • Fale Conosco.
  • Imprensa.

Notícias

As inscrições para o Prêmio ANBIMA estão abertas

Reconhecimento e bolsa: conheça as vantagens de concorrer ao Prêmio ANBIMA

Prestígio acadêmico, reconhecimento pelo mercado e incentivo financeiro para conclusão da tese: em sua 17ª edição, o Prêmio ANBIMA vai premiar com uma bolsa de R$ 17 mil cada projeto de dissertação de mestrado escolhido e de R$ 34 mil para o melhor projeto de tese de doutorado. “Quando ganha o prêmio, recebe um selo da ANBIMA e da Casa das Garças que está dizendo que aquele aluno ou aluna, naquele ano, entre diversos outros concorrentes, se sobressaiu. É um enorme reconhecimento e tem ainda a parte financeira que é muito importante para dar tranquilidade em um momento crucial”, destaca o nosso diretor Luiz Chrysostomo, presidente da banca julgadora e um dos idealizadores do prêmio.

banner750x350.jpg

Para o economista Edmar Bacha, que também esteve envolvido na criação do prêmio, a bolsa é um respaldo essencial para o mestrando e doutorando, principalmente, em um período no qual há incertezas em relação ao suporte dado por Capes e CNPq.

“O prêmio dá ao aluno a perspectiva de ser financiado por mais um ano. Outra vantagem é o reconhecimento: colocar no currículo que ganhou o Prêmio ANBIMA faz muita diferença, ainda mais para quem está começando a vida profissional. Para professores e orientadores, ter a tese premiada também significa ser reconhecido na vida acadêmica”, diz.

Desde a sua criação, a premiação vem cumprindo seu objetivo inicial de fomentar a cultura e a pesquisa sobre o mercado de capitais brasileiro nas universidades e centros de pesquisa do País. Os projetos de dissertação são analisados por uma comissão julgadora indicada pelo Instituto de Estudos de Política Econômica Casa das Garças (IEPE/CdG).

A atual banca é presidida por Luiz Chrysostomo e tem como membros Edmar Bacha, Armando Castelar, Nelson Eizirik e Jose Carlos Carvalho. De acordo com Chrysostomo, todos os membros recebem os projetos de teses e é realizada uma reunião para debates. “Cada um tem tempo de ler e fazer comentários, Na primeira reunião, que, normalmente, leva um dia inteiro, cada um aponta a visão sobre as teses e fala sobre as que acreditam que terão maior contribuição para o mercado”, explica.

+ Inscreva-se no Prêmio ANBIMA

As inscrições começaram no dia 3 de maio e seguem até 29 de outubro de 2021. Para participar, o candidato deve estar matriculado em uma instituição com programa de mestrado ou doutorado dos cursos de Economia, Administração de Empresas ou Direito, reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) e atender às demais condições previstas no regulamento.

Entre os requisitos, é necessário preencher a ficha de inscrição online; anexar à ficha de inscrição documentos como histórico escolar atualizado e carta de recomendação do orientador acadêmico da dissertação ou tese. Como o Prêmio ANBIMA contempla projetos de dissertação — e não a tese defendida —, o candidato deve apresentar um resumo do trabalho com um máximo de dez páginas, incluindo referências bibliográficas, tabelas, ilustrações e anexos, além do cronograma trimestral das etapas a serem percorridas até a conclusão da dissertação ou tese.

Notícias relacionadas

Não foram encontrados resultados para esta consulta.