• Empresas fiscalizadas.
  • Fale Conosco.
  • Imprensa.

Notícias

Já está disponível a tradução de documentos da ISDA relativos a fallbacks de Ibors

Material trata de ajustes implementados pela instituição para determinar as principais taxas interbancárias após a transição da Libor

Realizamos a tradução de dois documentos da ISDA (Associação Internacional de Swaps e Derivativos): o Protocolo de Fallbacks de Ibors e as Alterações às Definições da ISDA para Incluir Novos Fallbacks de Ibor. Os documentos trazem definições e ajustes (fallbacks) que a ISDA implementou para as principais taxas interbancárias após o encerramento da Taxa Interbancária de Londres, conhecida por Libor, em dezembro de 2021. A tradução do material foi feita a pedido dos membros do Fórum de Negociação para auxiliar a adaptação do mercado brasileiros a novas taxas condizentes com o protocolo internacional.

Aline Ferreira, membro da nossa Comissão de Produtos de Tesouraria e coordenadora do grupo de trabalho sobre a transição da Libor, destaca que a introdução de novos fallbacks para contratos de derivativos ISDA visa reduzir significativamente o risco sistêmico representado pela suspensão permanente de um Ibor-chave como a Libor.

“Ao disponibilizar os documentos em português, queremos estabelecer no mercado brasileiro de derivativos uma linguagem de referência”, afirma Aline. “O nosso objetivo é facilitar a alteração de contratos pré-existentes que estejam direta ou indiretamente ligados às definições usadas nos documentos offshore atrelados à Libor, assim como a criação de novos contratos atrelados a outras taxas mencionadas nas mesmas definições da ISDA”, complementa.

Confira a tradução dos documentos, que estão disponíveis na página do Fórum de Negociação:

» Protocolo de Fallback de IBORs

» Alterações às Definições da ISDA para Incluir Novos Fallbacks de IBOR

Notícias relacionadas

Não foram encontrados resultados para esta consulta.